Sala de Convidados

Inclusão e Diversidade


 


Programa Exibido em 30/01/2020


A Lei 8.213 foi sancionada em julho de 1991 com o objetivo de estimular a inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho. A Lei de Benefícios da Previdência Social, mais conhecida como Lei de Cotas, estabelece metas do percentual a ser preenchido por pessoas com deficiência nas empresas. O texto estabelece que companhias com cem ou mais funcionários destinem entre 2% e 5% das vagas a essas pessoas.
No ano passado, a Lei 8.213 completou 28 anos e, se é possível dizer que ela aumentou a participação de pessoas com deficiência no mercado de trabalho, também é possível constatar que essa participação ainda é pequena. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), cerca de 45,6 milhões de brasileiros têm algum tipo de deficiência e menos de 1% desse total, cerca de 403 mil, estão inseridos no mercado de trabalho. Entre os problemas, estão empresas que descumprem o percentual de contratação exigido na lei.
A apresentadora Yasmine Saboya conversa com analista de recursos humanos, Diane Wegbrayt; com membro do COMDEF – RJ , Regina Cohen; advogada , Joana Querette; e com Diretora da ABRH, Magda Hruza Alqueres sobre o que efetivamente mudou no tempo de vigência da Lei 8.213/91; avaliação do que pode ser feito para incluir com mais efetividade as pessoas com deficiência e falar sobre os benefícios da diversidade para as empresas e para a sociedade como um todo.